Detalhes do produto

Outras ideias peregrinas
Disponibilidade: Em estoque
R$ 25,00

  Sinópse

Outras Ideias Peregrinas é como o poeta Cláudio Zumaeta chama seu mais novo livro. Trafegando na rota que o conduz à essencialidade do poema e dono de um discurso denso e metafórico, o autor estimula a imaginação e a ref exão do leitor ao retratar sua condição de poeta livre, comprometido com esse mundo onde se semeiam mais injustiças e aprendemos a desconfiar de palavras amenas e da fluência excessiva.

Uma das características que mais se evidencia em sua poesia é o uso da linguagem simples e da expressão espontânea sem artifícios complexos, para que, sem ataduras, o leitor viaje pelo seu pensamento desejando descobrir o fi nal de cada trama provocante, cujos versos abrigam a solidão, a ingenuidade e o caos a que se submetem as inquietações humanas. Entre tantos momentos dessas constatações, cito algumas.

Sem vestir-se na intenção de agradar ou de afrontar, o autor expõe verdades e contradições como alguém que crê no poder solidário entre o homem e o universo, denunciando a opressão e o personalismo, focando na poesia sua forma de expressar e visualizar horizontes que lhes são perceptíveis, como o faz nos versos: “Nietzsche filosofa sem parar / os ruminantes, contudo, / continuam a ruminar”.

Num ritmo que costura às vezes, a falta de compreensão social e a própria certeza na incerteza, muitas vezes disfarçadas na resignação, ele é enfático ao assim se expressar: “e, no entanto, foi comigo / que veio deitar-se, corpo nu / sua eterna Capitu”.

Em outro momento, o poeta se apresenta como protagonista do seu tempo e de sua história, confessando sua impotência diante da certeza humana maior, nos seguintes versos: “não é a separação / que sabemos temporária / nem a dor / que sabemos necessária”...

Finalmente, confiante e rendida, li e reli várias vezes a obra literária que me foi presenteada, começando essa viagem quando as estrelas começavam a despontar. Pus-me nas mãos do autor deixando-me conduzir pela paisagem diversificada até chegar à última estação, quando os passarinhos começavam a entoar alegres sinfonias.

  Ficha técnica
ISBN: 978-85-8151-125-2
Edição:
Ano de publicaçao: 2015
Nº de Páginas: 88
Formato: 14x21cm
Idioma: Português
  Sobre o autor
Cláudio Zumaeta
Claudio Zumaeta é natural de Canavieiras, Bahia, graduado em Administração de Empresas pela Universidade Católica de Salvador (UCSAL – BA) e pós-graduado em Administração Pública com Ênfase em Administração Municipal. É também graduado em História pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC – BA) e pós-graduado em História do Brasil pela mesma Instituição de Ensino Superior. É ainda professor de História em vários Colégios do eixo Itabuna/Ilhéus e articulista dos Jornais AGORA (Itabuna – BA), DIÁRIO DE ILHÉUS (Ilhéus – BA), DIÁRIO BAHIA (Itabuna – BA), além do site MERCADO DO CACAU. Esteve à frente da Loja Maçônica Mahachoan (Camacan – BA) entre 1997 e 1999. Participou do Projeto Cultural/Musical Bahia Singular e Plural (2000). Publicou “Cacauicultura: a Ceplac e a vassoura de bruxa em Camacan”, pela EDITUS (UESC, 2007), teve poemas publicados na “antologia Poética: Cânticos a Itabuna centenária” (2010), pela Via Litterarum, além do livro de contos “Pedra por Pedra” (2012) publicado pela Mondrongo. É membro da Academia Grapiúna de Letras (AGRAL).
  Livros do mesmo autor

Se preferir compre em um site parceiro